quarta-feira, 19 de julho de 2017

10 erros mais comuns com o dinheiro

Uma grande porcentagem das pessoas depende da família ou do seu parceiro, e há outro grande grupo de pessoas trabalhadoras ativas que só se preocupam quando o fim do mês se aproxima e não tem mais dinheiro para se manter ou quando se aproximam de uma idade onde começam a pensar sobre a aposentadoria e a possibilidade de reduzir a sua renda monetária regular.


A seguir cito os erros mais comuns que fazem as nossas finanças pessoais irem para o ralo.

1. Gastar mais do que ganha


Esse erro é muito comum. A maioria das pessoas comete esse erro. Fazer um controle do seu orçamento é essencial. Não estoure seu orçamento. Há muitas planilhas na internet para controle de finanças pessoais. E também a variedade de aplicativos para dispositivos móveis é bem grande.  Não há desculpas. É só se organizar. 

2. Manter em uma zona de conforto


Isto significa gastar tudo o que entrou, comprar coisas que não precisamos, não guardar ou fazer sacrifícios de qualquer tipo. 

3. Acreditar que é tudo culpa do governo


É de fato que muitas das vezes somos vítimas de muitas decisões economicamente erradas, podemos dizer que não estamos protegidos por nossos governantes ao longo da história e sabemos que a inflação afeta bolso de todos. Viver reclamando e não fazer nada não é a solução. Devemos  nos informar, ser consumidores inteligentes, nos proteger e ser vigilantes sempre.

4. Abusar do cartão de crédito


O cartão de crédito é uma faca de dois gumes. Pode ser muito útil e por vezes muito perigoso em outros casos. Quem não sabe usar essa forma de pagamento acabam se endividando, pois enquanto tiver limite e promoções a pessoa continua comprando.

5. Comprar coisas que não precisamos


Não há muito a esclarecer este ponto. Infelizmente somos invadidos por propagandas que nos condicionam sobre o mais legal, atraente, popular, e que se comprar tal produto ou serviço irão nós fazer mais felizes. Temos de aprender a não preencher um vazio existencial com objetos materiais.

6. Não se proteger


Não pagar o seguro de carro, casa, saúde ou de vida pode acabar deixando muito mais caro se tivermos um acidente, um roubo ou ficarmos doente. Claro que esses itens que citei são essenciais, mas uma reserva de emergência é primordial. E claro, os investimentos em ativos.

7. Acreditar que nunca vai envelhecer


"Por que poupar para o futuro? Nem sei se vou estar vivo na velhice. Pretendo nunca me aposentar ou vou me aposentar aos 65 anos." Não parece um bom plano, certo? É melhor nos prevenir. Poupar, comprar ativos para termos uma vida confortável na velhice.

8. Confiar demais


Isto implica questões como construir em uma terra estrangeira, colocar os ovos na mesma cesta, alugar propriedades sem um contrato, colocar algo em nome de um membro da família ou amigo, investir em projetos privados e desconhecido, sem prova de qualquer tipo, e muitas outras situações. A melhor coisa é diversificação, assim fica mais difícil perder tudo.

9. Ter vícios


Ter vícios em jogos de azar, baladas, beber em excesso, consumir substâncias que causam dependência, além de ser prejudicial para a nossa saúde, também pode gerar grandes problemas financeiros a curto ou longo prazo.

10. Depender apenas de uma fonte de renda


Não construir fontes alternativas de renda é como andar encima de uma corda a 10 metros de altura sem proteção para queda. Se você cair aí ferrou tudo. Por isso, sempre é bom poupar e investir. Aplicar seu dinheiro em ações, imóveis, renda fixa, etc.


Abraços,
Cowboy Investidor

26 comentários :

  1. É isso aí Cowboy. Acho que o maior vilão é o consumismo desenfreado, as pessoas buscam a felicidade no ter. O que mais a gente vê é que as pessoas não conseguem guardar nada. Até não ver a conta zerada não param de gastar. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá FB,

      Isso é verdade. As pessoas gostam de acumular coisas. O bom é comprar apenas o essencial.

      Abraços.

      Excluir
  2. Boa CI,

    O meu maior vilão era o cartão de credito, porem sempre paguei em dia, nunca parcela minima. Agora aqui uso Cartao pre pago, muito melhor e me deixa mais organizado.

    Abraços do BnA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá BnA,

      Eu gosto de usar o cartão de crédito. Se a pessoa saber usar é muito útil e eficaz.
      Bom que você não se endividou.

      Abraços.

      Excluir
  3. Muito correto. Acho que confiar demais é o que mais faz vítimas ao brasileiro comum, e mostra como conhecemos pouco de dinheiro e misturamos o assunto com o que nem sequer tem a ver.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá CF,
      Isso é verdade. Vejo muita gente se endividando por confiar demais.

      Excluir
  4. Posso me ferrar se alugar uma casa sem contrato?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza. Há muita gente pilantra nessa vida. Com contratos as pessoas não pagam, imagine sem. Claro que há gente honesta que honra com os seus compromissos sem contratos, mas é melhor se prevenir.

      Abraços.

      Excluir
  5. Excelente Lista Cowboy. É incrível a incapacidade do brasileiro em cuidar do seu dinheiro. Somos um país de cigarras, quando somente as formigas é que prosperam. Depois que o sujeito está fudido e falido, culpa o governo, o vizinho, o papai noel, os astros e por aí vai.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá anônimo.

      Obrigado. Você falou a verdade. É isso mesmo que acontecem com as pessoas ferradas.

      Abraços.

      Excluir
  6. Verdade. Falta educação financeira!

    Boa lista!

    abraçaõ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá VDC,

      Verdade. As pessoas precisam disso.

      Abraços.

      Excluir
  7. É cowboy, são coisas simples, mas a maioria da população ignora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade FPI,

      As pessoas só pensam nisso depois que estão na merda.

      Abraços.

      Excluir
  8. Fantástico Post sobre finanças pessoais, acho que foi um dos melhores que já li sobre esse assunto, pois é direto e preciso.

    Abraço

    ResponderExcluir
  9. O item 9 é inevitável (eu tenho lá meus vícios), rs.
    O item 10 é o mais perigoso (quem tem um não tem nenhum).
    Os demais são equacionáveis.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá UÓ,
      Ter vícios que não fazem bem que são os problemas.
      Realmente esse 10 é bem complicado. Você está correto.

      Abraços.

      Excluir
  10. Olá, Cowboy!

    O 10 é o mais complicado, mas se for parar para ver, ele é uma soma dos anteriores que não foram observados: achar que será jovem para sempre ou que nunca passará por emergências, não poupar, etc. Aí o cidadão fica só com uma fonte de renda, sem uma reserva que seja e num revés da vida fica sem ter pra onde correr.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá JM,
      Obrigado pelo comentário. Verdade o que você comentou.

      Abraços.

      Excluir
  11. Oi Cowboy

    O 10 é um item que eu penso todos os dias, pena que não é fácil de resolver, no meu caso é claro. O resto eu tiro de letra.

    Abs
    EQRP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá EQRP,
      Esses 9 itens são mais fáceis mesmo, mas com uma boa dedicação o 10 também pode ser feito.

      Abraços.

      Excluir
  12. Aquele conhecimento que todo mundo sabe inconscientemente, mas quando se depara com alguem falando sobre, julga-o como "murrinha, mão de vaca", "vc nao leva nada disso pro caixão"

    Aliás, ótimo post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá AM,

      Isso é verdade. Obrigado pelo cometário.

      Abraços.

      Excluir
  13. Olá CI

    Aquelas regras que são sempre boas recordar, agente sabe mas sempre esquece.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá VDD,
      Isso é verdade. Sempre temos que nos policiar, senão fazemos besteiras.


      Abraços.

      Excluir