domingo, 9 de abril de 2017

Comparação TD com cupom e sem cupom

O Tesouro Direto é um dos ativos que é mais falado ultimamente. São oferecidos atualmente os títulos: Tesouro Prefixado (LTN), Tesouro Prefixado com Juros Semestrais (NTN-F), Tesouro Selic (LFT), Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais (NTN-B), Tesouro IPCA+ (NTN-B Principal).

Fiz uma simulação de dois títulos: Tesouro IPCA+ (NTN-B Principal) - 2035 e Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais (NTN-B) - 2035. Investimento de R$ 10000,00.



O que se pode perceber através desta simulação é que o valor líquido recebido no resgate do Tesouro IPCA+ (NTN-B Principal) é quase o dobro do Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais (NTN-B). No caso do último a pessoa recebe semestral e no vencimento. Vejo muitos analistas falando que esse título é mais indicado para quem está na fase de quem quer receber uma renda extra ou em "aposentadoria". Mas o que dá para perceber que colocar dinheiro nesse título não é uma boa ideia, pois seu dinheiro acaba ficando estagnado. 

No meu ponto de vista, eu investiria só no primeiro (o sem cupom) e venderia algum percentual do título quando precisaria, não ficar obrigado a receber cupom semestral, pode ser que no vencimento estaria até com mais dinheiro, claro que a pessoa tem que ser controlada. Mas o essencial é não vender nada e resgatar só no vencimento com objetivo de aumento de patrimônio. Para quem quer ter uma renda mensal há outros investimentos, como: ações e FII. No caso do FII eu vejo um boa alternativa, pois não é cobrado IR nos pagamentos mensais e o valor investido (principal) pode acompanhar a inflação, mas também pode desvalorizar. É o risco que você corre. 

Essa é a minha conclusão que fiz através da simulação, não estou indicando nada, é apenas pessoal. Cada pessoa tem que tirar as suas conclusões de que é o melhor para si. Mas não seguir como um cego o que pregam por aí.

Abraços,
Cowboy Investidor

18 comentários :

  1. Fala Cowboy!

    Post bastante interessante!

    O lance do IPCA com cupom seria mesmo o objetivo de receber os juros como forma de renda. Para quem adota esta estratégia, consegue receber cupons em 4 meses do ano, pois os títulos IPCAs com cupons pagam em meses diferentes em relação ao ano do título ser par ou ímpar.

    Agora, investir nestes pra ficar reaplicando juros toda hora realmente limita o efeito dos juros compostos

    Já o lance de realizar esta estratégia no IPCA sem cupons (precisar de um dinheiro e vender % do título) antes do vencimento é o risco da oscilação do mercado: pode até sair no prejuízo.

    Mas também, assim como você, enxergo a busca por Renda Passiva com outras soluções como FIIs.!

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá NI,
      Essa estratégia com os meses diferentes é uma boa.
      Obrigado pelo excelente comentário.

      Abraços.

      Excluir
  2. O NooB comentou tudo. Como os cupons deixam de integrar o montante inicial a diferença em prazos longos é enorme. E reinvestir os cupons não faz muito sentido, porque aí a pessoa poderia ter simplesmente investido no título sem cupons.

    Esse título tem a virtude de garantir a taxa pactuada para os cupons. É uma boa "versão" dos FIIs, cujos proventos mensais estão sujeitos a diversos fatores incertos, para a renda fixa. Mas para quem busca acumulação de patrimônio dificilmente é uma boa opção realmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá anônimo,
      Realmente não faz sentido ficar reinvestindo cupons. Isso só faz a pessoa pagar mais impostos e não deixar os juros compostos trabalhar.

      Abraços.

      Excluir
  3. Eu gosto do que paga renda semestral. meu foco é renda passiva.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá BF,
      Renda passiva é boa para quem já pretende, como é o seu caso, mas quem não foca ainda, o TD Semestral come o dinheiro.

      Abraços.

      Excluir
  4. Na teoria o melhor mesmo é o sem cupom, pois vc paga imposto so uma vez e deixa o montante todo rendendo o valor do titulo.

    Mas, quem é que nao gosta de uma renda passiva? Neste caso eu mesmo optaria pelo semestral, se possivel ate dividindo entre os dois titulos proximos pra receber trimestralmente, devido aos meses d pagamento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá VDC,
      O problema desse título é que se a pessoa não tiver precisando de renda passiva ele acaba sendo um péssimo investimento.

      Abraços.

      Excluir
  5. Ótimo post C.I, eu não acompanho muito tesouro direto, mas conhecimento sempre é bom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá SP,
      Obrigado pela visita. Sempre é bom aprender.

      Abraços.

      Excluir
  6. Buenas, Cowboy! Nos primeiros investimentos em TD eu acabei comprando títulos com cupom. Eu também não tenho preferência por eles, prefiro os sem cupom.

    Há quem defenda que, para quem precisa de fluxo de caixa os cupons são interessantes, mas ainda não fui convencido disso!

    Abraço e sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá IpV,
      Esse título não me convenceu também. A resposta está na minha simulação.

      Abraços.

      Excluir
  7. TD é bem simples. É 100% IPCA 2045.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá anônimo.
      Verdade, com o vencimento mais longo melhor.

      Abraços.

      Excluir
  8. Post muito interessante CI. Seria bacana ouvir a opinião de outros colegas sobre ele. Colegas como o Investidor de Risco e o Viver de Renda, que têm muita experiência com o assunto. Abraços e parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá anônimo,
      Muito obrigado pelo comentário.

      Abraços.

      Excluir