sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Você já parou para calcular quanto a sua renda já aumentou?

Não sei se a maioria ou todas as pessoas já param para fazer as contas de quanto a sua renda aumentou durante a sua vida. Fiz umas contas aqui não está totalmente correta, mas está muito próxima do valor real. Essas contas que fiz inclui dinheiro que ganhei quando comecei a trabalhar formal. Não está incluída quando eu trabalhei na roça, pois lá trabalhava só para ajudar minha família e praticamente nem renda tinha.

Abaixo irei descrever desde quando eu comecei a trabalhar formal até hoje.

Ano 2005

Nesse ano eu trabalhei apenas 3 meses, pois saí e fui fazer faculdade. Durante a faculdade eu não consegui trabalhar formal, apenas gastei o que tinha ganhado com meus trabalhos na roça, venda de gado. Apesar de ser um curso numa universidade pública, eu tinha que gastar com aluguel, comida, roupas entre outros. Foi uma época da minha vida mais frugal. Era só básico mesmo.
Renda do ano: R$ 720,00

Ano 2009

Foi o ano (meio do ano) que eu formei na faculdade. Então nesse ano trabalhei só uns dias, pois o trabalho não condizia com as minhas expectativas. 
Renda do ano: R$600,00

Ano 2010

Nesse ano trabalhei uns meses fora da minha área, pois eu não estava conseguindo emprego na minha área devido a falta de experiência (espero que seja isso, pois modesta parte eu já tinha feitos uns bons projetos e era um programador de sistemas bom). Então para não ficar sem trabalhar, eu trabalhei de "peão" (esse trabalho foi muito bom, apesar da renda baixa, mas era muito legal trabalhar com a galera)
Renda: R$3.135,00
Na outra empresa já foi na minha área. Trabalhei pouco tempo, mas o salário era baixo também, apenas para experiência.
Renda: R$ 4,470,00
Renda total do ano: R$ 7.605.00

Ano 2011

Nesse ano o meu salário já começou a aumentar. Tinha trabalhado só por pouco tempo na área e dessa vez os contratantes estavam aplicando testes de programação e eu ia bem, então ajudava mais. Trabalhei por 6 meses numa empresa pequena e recebi uma proposta de uma empresa grande e aceitei, então essa renda e das duas.
Renda total do ano: R$ 17.700,00

Ano 2012

Continuei na mesa empresa que falei que recebi a proposta do ano de 2011. O salário praticamente foi mesmo durante o ano.
Renda: R$ 33.660,00

Ano 2013

Fiquei 8 meses estudando para concursos para me aperfeiçoar mais, depois decidi voltar a trabalhar e estudar em casa quando chegava do serviço.
Renda: R$ 19.000,00

Ano 2014

Nesse ano eu trabalhei na empresa empresa anterior por uns 6 meses e depois fui aprovado em uns concursos públicos e assumi o que estou no momento.
Renda da empresa:  R$ 12.000,00 
Renda do cargo público: R$46.400,00
Renda Total: 58.400,00

Ano 2015

Nesse ano é o salário do cargo público que estou.
Renda: R$80.000,00

Ano 2016

Salários do cargo que público que exerço.
Renda: R$ 90.000,00
Minha renda liquida total foi de: R$307,685,00

Olhando assim parece que foi até uma grana razoável, mas eu gastei muito com estudos para concursos, saía pouco para divertir, comprei alguns móveis para o apartamento que morava, mas desfiz, pois mudei de cidade quando passei no concurso e acabei gastando uma grana que tinha juntado para alugar um imóvel e comprar outros móveis, pois os que tinha na outra cidade fiz uma doação.

Evolução da minha renda
Como vocês podem ver a minha renda começou a aumentar a partir de 2014. Hoje eu não tenho um bom dinheiro investido,  tenho um patrimônio muito pequeno. Na minha divulgação de patrimônio é só exibido o que tenho aplicado. Não conto carro em nem um lote que tenho, mas mesmo assim o valor desses dois citados não são altos.

De 2014 até hoje minha renda aumentou até bem, mas eu fiz uma besteira no ano passado e meus gastos foram muito altos (Talvez um dia eu contarei o que eu fiz). Hoje as coisas estão andando bem. Vou aportar o máximo possível.

É isso aí caros leitores. Vocês já pararam para calcular quanto a sua renda já aumentou ao longo dos anos?

Abraços,
Cowboy Investidor

14 comentários :

  1. Ola CI,

    Na verdade voce fez um bom aporte, em voce mesmo, que possibilitou que a renda subisse e agora voce esta pronto para colocar a maquina de juros compostos funcionando.

    Muito interessante ver esta subida nos numeros, é o tipo de coisa que realmente motiva.

    Voce pode contar o valor medio de venda dos lotes, e ate o carro, afinal, faz parte do seu patrimonio, aquilo adquirido com seu esforço, ou pode fazer como eu, que separo entre valor bruto e liquido.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá VDC, é verdade. Eu investi em mim primeiro, minha renda aumentou até bem.

      Abraços.

      Excluir
  2. E aê CI!

    Parabéns pela evolução pessoal: o gráfico não mente o resultado de seu esforço!

    Agora os aportes podem ser interessantes e o principal: consistentes para uma consequente acumulação de patrimônio e tranquilidade financeira!

    Confesso que fiquei curioso com a tal besteira financeira de 2014! Quando estiver à vontade de blogar.... hehhe

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá NI,

      Obrigado pela mensagem. Na verdade não foi uma besteira financeira, mas acabou comprometendo meu dinheiro. Tive um relacionamento que acabou em divórcio. O tal relacionamento começou em 2014 e acabou este ano. Então, eu gastei uma boa grana nesse intervalo. Eu iria contar mais para frente, mas já antecipei.
      Agora é aportar muito em busca da IF.

      Abraços.

      Excluir
  3. Parece que a minha só diminuiu... rs

    ResponderExcluir
  4. esse é o melhor caminho pra IF

    enquanto gente perde horas procurando meio de ganhar 0,5% a mais na carteira de ações, você tem focado no meio mais curto de se alcançar a IF

    aumentando a renda e claro os aportes!

    ps. te adicionei lá na minha lista de blogs parceiros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá VD,
      seu comentário está correto. O aumento da renda e dos aportes são essenciais.
      Obrigado por me adicionar na sua lista de blogs. O seu já está na minha lista.

      Abraços.

      Excluir
  5. Olá Cowboy,

    Eu analisei as minhas declarações de imposto de renda dos últimos anos... Lembrei que fiz muita besteira com a minha vida financeira... Mas eu aprendi muito com os erros do passado. Tem um provérbio turco que diz: "No matter how far have you gone on the wrong road, turn back" (Não importa o quão longe você foi na estrada errada, retorne para a estrada correta). Utilize essa frase nos investimentos e na sua vida. Eu já utilizo na minha.

    Grande Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá AF, estamos sempre aprendendo. Vou usar esse provérbio na minha vida também.

      Obrigado.

      Excluir
  6. Cowboy, neste ano comecei a direcionar uma parte dos aportes (e do tempo) para o meu desenvolvimento pessoal, como você fez, a fim de estabilizar os meus ganhos. É uma pena não ter feito isso antes. Parabéns!

    Está no cargo que queria?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Doutor, é isso aí. Como você falou, eu investi no meu desenvolvimento pessoal e ainda continuo.
      Sobre o cargo, é sim o cargo que pretendia, claro que sempre viso outras coisas, mas diferentes ao meu cargo atual.

      Boa sorte na sua jornada.

      Abraços.

      Excluir
  7. Olá Cowboy!

    Parabéns, os investimentos feitos em você mesmo começaram a dar bons frutos a partir de 2014, pelo que percebi. Muito bom.

    Como a tendência dos seus rendimentos anuais é sempre aumentar, recomendo que você tente manter um padrão de tal forma que você consiga aportar pelo menos 50% do que ganha mensalmente. Após conseguir manter um padrão de vida razoável(e frugal), todos os aumentos recebidos podem ir para os aportes, que poderão ir aumentando ano a ano.

    Desejo muito sucesso e que a independência financeira venha o mais rápido possível!

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Baiano, realmente a minha renda aumentou a partir de 2014.Eu pretendo aportar no mínimo 60% da minha renda e aumentar ao longo do ano como você sugeriu. Obrigado pelo comentário.

      Abraços.

      Excluir